O que queremos para 2020…

É chegada a hora do encerramento de um ano e do início de um novo ciclo, sempre aguardado com muita ansiedade, pois é a oportunidade de um recomeço, onde objetivos são traçados, planos refeitos e as expectativas são ampliadas.

É também no final do ano, que a Esperança, sentimento muito reconfortante, se mostra mais intensa, afinal, “no ano que vem, tudo será diferente”! Não é mesmo?

Em 2020, queremos sentir mais as coisas boas, e menos os sentimentos ruins que nos acompanharam ao longo de 2019. Ao invés de incertezas, que tenhamos mais segurança de nossos destinos. Ao invés de medo, que tenhamos coragem de arriscar e seguir adiante. No lugar das frustrações, que tenhamos as alegrias e satisfações de nossas conquistas.

Para que este ano realmente aconteça, precisamos iniciar as mudanças por nós mesmos, buscando que nossas atitudes possam contagiar aqueles que nos cercam, e como uma onda, que cada boa ação e que cada nova forma de agir reverbere por aqueles que estão próximos e assim por diante, até que todos possam ser impactados por essa corrente do bem.

Mudemos nossa forma de agir, lembrando que nos pequenos atos é que se iniciam as grandes revoluções. Sigamos o Evangelho de Jesus, para que ele seja o condutor de nossas novas atitudes neste novo ano, lembrando que Jesus envolveu a muitos e criou uma revolução de pensar e agir, por meio de seus atos, por meio dos seus exemplos.

Uma das insensatezes da Humanidade consiste em vermos o mal de outrem, antes de vermos o mal que está em nós. “Como é que vedes um argueiro no olho do vosso irmão, quando não vedes uma trave no vosso olho?  (Mateus, 7:3 a 5)”.

Para construir um novo ano mais honesto, voltemos o olhar para dentro e não para fora, e gastemos o tempo da maledicência e das condenações, revendo os nossos atos, para que sejamos geradores de novos comportamentos. Sejamos menos orgulhos e dissimulados, e façamos uma autocrítica verdadeira, a fim de que possamos rever nossos atos no dia a dia.

Para que possamos tornar o ano de 2020 em um ano melhor, sejamos os distribuidores de amor e de boas energias.

Que tenhamos mais tempo para conviver com aqueles que amamos, realizando trocas de afetos, carinho e amor.

Que possamos desejar mais o aperfeiçoamento moral e intelectual e menos os bens materiais e os prazeres carnais.

Que tenhamos paz de espírito, com Fé em Deus, nosso Criador.

Que 2020 venha repleto de trabalho, esforços e renovação, para que possamos colher afeto, carinho, amor e muitas alegrias.

Adaptado da mensagem de Ano Novo

Informativo “A Luz Divina” de 2017

Comentar

Print your seu lugar